Select Menu
» » » » » » Ainda tem um Super Nintendo? Usuário cria controle wireless do SNES
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Super Nintendo controle wireless
Depois da notícia de que um game inédito está em fase de produção para o Super Nintendo, quem vendeu ou não tem mais o console vai se arrepender ainda mais após esta notícia. Um usuário, fã de videogames, criou um joystick wireless para o Super NES, um dos aparelhos de maior vendagem da história da companhia japonesa.

Na verdade, não foi bem uma invenção. Tudo o que o jogador fez foi abrir o objeto e adicionar um interruptor, um emissor e um indicador LED de energia dentro dos componentes do controle. O processo é um pouco trabalhoso, mas vale o esforço para aqueles que ainda possuem o SNES. Além disso, todo o tutorial foi postado no site Imgur e no YouTube, como você assiste logo abaixo.

A pergunta é: por que isso não foi inventado vinte anos atrás?


 
 

O Super Nintendo Entertainment System, também conhecido como Super NES, SNES ou apenas Super Nintendo, foi lançado em 1990 e tinha gráficos de 16 bits. Na época, comparado a outros consoles, foi revolucionário por apresentar mais movimento e realismo aos jogos disponíveis daquele tempo, sem contar títulos memoráveis como Donkey Kong, Legend of Zelda, Mega Man e a série Super Mario. Em 1999, a Nintendo anunciou o fim da produção do dispositivo, que vendeu mais de 50 milhões de unidades em todo o mundo.


Autor George Batista

Aficionado por novidades tecnologicas e blogueiro nas horas vagas.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios

AVISO

O Ghz Tecnologia coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.Comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão serão excluídos. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado.