Select Menu
» » » » Impressões: Nintendo Wii U
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Das novidades apresentadas na Brasil Game Show 2012, que acontece neste final de semana (11 a 14 de outubro) em São Paulo, a mais significativa certamente é o Wii U, o novo console da Nintendo. O evento contava com filas enormes para experimentar o aparelho que finalmente chegou em solo brasileiro para ser testado.

Nintendo Wii U


A visitação era bastante restrita. Jogadores entravam em grupos de três ou quatro pessoas para testar alguns dos títulos do console, como Ninja Gaiden 3: Razor’s Edge, The Wondeful 101, Nintendo Land, Zombi  U e New Super Mario Bros. U.

E aí, qual é a do Wii U?

O principal destaque do console está em seu joystick. Ele conta com uma tela sensível a toque, além dos botões e direcionais. Seria como uma junção do Nintendo Wii com um tablet. Apesar de o controle ser um pouco grande, ele não é pesado e fica confortável nas mãos, já que seu formato encaixa muito bem nos dedos. O que inclusive permite fácil acesso aos botões traseiros (“L” e “R”).

Nintendo Wii U


Tivemos a oportunidade de jogar Nintendo Land, um mini-game em que devemos lançar shurikens nos ninjas inimigos que aparecem na tela. O game é bem simples e o jogador tem de segurar o joystick na vertical para lançar as pequenas estrelas de ferro nos inimigos. Como outros jogos do gênero, há apenas três vidas, e o jogador tem de eliminar os ninjas adversários antes que eles acabem com sua diversão. Neste momento, porém, pudemos notar um pequeno problema na direção de mira do console. No final da jogatina ocorreu algum bug que fez a mira sair do lugar. Ou seja, ficar descalibrada.

Este problema, no entanto, pode facilmente ser resolvido no menu do console, apesar de atrapalhar a continuidade do game.

Nintendo Wii U


O outro game que tivemos oportunidade de testar, no entanto, oferece mais recursos e utiliza um pouco mais da capacidade do console. É o The Wondeful 101, que coloca o jogador no controle de um grupo de super-heróis. O objetivo é eliminar os robôs inimigos e para isso você tem de utilizar ataques conjuntos ou desenhar comandos na tela para criar armas. Pode ser uma espada, uma luva poderosa ou uma pistola.

Neste game, o console respondeu muito bem aos comandos. Além disso, ele utiliza um pouco mais da tela sensível ao toque em determinados momento, como quando o personagem acessa um galpão e apenas o pequeno display é utilizado.

Nintendo Wii U


Os gráficos de nenhum dos jogos oferecem algo novo. Ou seja, são detalhes já vistos nesta geração. No entanto, a proposta do console não é o poder de hardware, mas sim de diversão e inovação. Claro que ainda não deu para ver como o console se comporta em um patamar geral e qual é sua real potência. Foram poucas demonstrações e, por enquanto, não podemos dar um veredito se o console é realmente atrativo ou não.

No Wii U, o que vale é a interatividade. Pelo menos neste quesito, a proposta é muito boa.  Com isso, o dispositivo deve agradar o público já consolidado da Nintendo: a dos jogadores casuais. 


Via: Baboo

Autor George Batista

Aficionado por novidades tecnologicas e blogueiro nas horas vagas.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Comentarios

AVISO

O Ghz Tecnologia coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais.Comentários considerados ofensivos, difamatórios, impróprios e/ou que contenham palavras de baixo calão serão excluídos. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático.

Obrigado.